Preso por agredir a companheira diz a policiais: “Eu ia matar ela, mas vocês chegaram”

Mesmo diante da polícia ele seguiu dizendo que ainda vai matar a companheira, uma adolescente de apenas 15 anos

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Um jovem de 19 anos foi preso nessa sexta-feira (22) por agredir a companheira, uma adolescente de apenas 15 anos, e ameaçar matá-la.

A Polícia Militar foi acionada por um denunciante anônimo, que dizia que uma residência na Rua Dom Aquino Corrêa, do Bairro Atlântico, em Alto Araguaia (420 km de Cuiabá), havia um casal brigando e o homem estava agredindo a mulher.

Uma equipe da PM foi até o local e encontrou o casal sentado na frente da casa. A adolescente estava com hematomas no rosto, na altura dos olhos, e um corte no dedo indicador da mão direita.

Na casa, ao lado do casal, foi encontrada uma faca do tipo açougueiro, que teria sido usada pelo homem na briga.

A adolescente precisou ser encaminhada ao Hospital Municipal, onde ficou sob cuidados médicos.

O suspeito foi detido e no caminho para a delegacia passou a ameaçar a vítima dizendo:

“Vou arrumar um oitão [revólver] para te matar! Nem que eu puxe muitos anos de cadeia. Vou passar o cerol. Vou cortar o pescoço”, consta no boletim de ocorrência.

Ele ainda disse aos policiais: “Eu ia matar ela, mas vocês chegaram”.

O preso também assumiu ter pichado a sigla “CV”, da facção criminosa Comando Vermelho, em muros da cidade, um deles o do cemitério.

O caso foi registrado como ameaça, lesão corporal e apologia de crime ou criminoso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMPF questiona normas que vinculam salários dos deputados da ALMT ao dos deputados federais
Próximo artigoLadrão aponta arma falsa para policial, é alvejado e morre

O LIVRE ADS