Presidente sanciona lei que proíbe sacrifício de cães e gatos saudáveis

Nova medida impede o sacrifício de animais simplesmente para reduzir as populações de rua

O presidente Jair Bolsonaro sancionou um novo projeto de lei que proíbe o sacrifício de gatos e cães que estejam totalmente saudáveis. O texto foi aprovado pela Câmara Federal em setembro e sancionado nessa quarta-feira (20).

Anteriormente, em algumas regiões do país, órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos similares tinham autonomia para sacrificar animais saudáveis, uma medida para diminuir as populações de rua.

Agora, com a nova legislação, somente os animais com doenças incuráveis ou que ponham em risco a saúde humana e de outros animais poderão ser sacrificados pelos veterinários desses órgãos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom maioria na Câmara Municipal, Emanuel pode se ‘esquivar’ de investigação
Próximo artigoSicredi destaca crescimento do segmento no Dia Internacional das Cooperativas de Crédito