Presa, mãe de criança que se escondeu em geladeira em incêndio assume ter ido a festa

Ela deixou o filho de dois anos sozinho em casa e a residência pegou fogo

Casa ficou completamente destruída / Geladeira em que criança se escondeu (Foto: divulgação)

A mãe da criança que foi encontrada dentro da geladeira de uma casa que estava pegando fogo foi localizada e presa em flagrante pela Polícia Civil, em trabalho realizado pela equipe da Delegacia Especializada de Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

A mulher confessou que deixou o filho de apenas dois anos para sair para uma “resenha” e foi autuada em flagrante por abandono de incapaz.

O incêndio ocorreu na madrugada desta sexta-feira (9) em uma residência no Bairro Altos da Serra, em Cuiabá. Os vizinhos perceberam as chamas por volta de 1h30 e utilizaram baldes de água para conter o fogo. Durante os trabalhos, os populares localizaram a criança com vida, abrigada dentro da geladeira da residência.

LEIA TAMBÉM

O menino, que estava sozinho na casa, foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro, onde passou por atendimento médico, sendo constatado que ele não sofreu lesões em razão do fogo.

Assim que foi acionada, a equipe da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente iniciou as diligências para localizar a mãe da criança, que foi encontrada na companhia do namorado.

Ela foi conduzida à Deddica onde, durante o interrogatório, inicialmente disse que havia deixado a criança com uma amiga para ir trabalhar. Após diversas contradições, ela confessou que deixou o filho sozinho para ir a uma festa.

Diante dos fatos, foi lavrado o flagrante contra a mãe da criança pelo crime de abandono de incapaz. A suspeita será encaminhada para audiência de custódia na manhã deste sábado (10).

O menino está sob a guarda do Conselho Tutelar. As investigações continuam, sendo realizada a oitiva de algumas testemunhas que presenciaram o fato.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Eleição vai haver, eu garanto”, diz Barroso em resposta a Bolsonaro
Próximo artigoMinistro da Saúde diz que Cuiabá ainda pode receber doses extras de vacina