Prepare-se para o dia das eleições não virar uma maratona

Locais de votação terão regras sanitárias para evitar aglomeração e o tempo que se leva para votar pode ser maior

(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Daqui a duas semanas, o Brasil deve parar para votar nas eleições municipais 2020. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou algumas medidas de segurança para reduzir o contato, mas a recomendação é que o eleitor se prepare para evitar aglomeração. 

No caso de Mato Grosso, deverão ser registrados três votos. Além de vereador e prefeito nas eleições municipais, também terá que ser escolhido um candidato a senador, na eleição suplementar. 

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) estima que, por ser uma eleição para cargos mais próximos ao cidadão, a participação do eleitorado deve ser maior este ano. 

A estimativa de público é acompanhada pela previsão de que o processo de votação leve entre um e cinco minutos por eleitor. Mas as regras sanitárias podem tornar a espera mais longa. 

“Não conseguimos dizer, neste momento, enquanto a eleição pode ficar mais longa. Isso vai depender da participação de pessoas na votação. Mas estimamos que pode, sim, haver um tempo maior para o encerramento, mesmo com os portões fechados. Mas todos que comparecerem vão votar”, comenta o secretário de recursos humanos TRE-MT, Valmir Milhomem. 

Regras 

As medidas que serão adotadas para a votação são as mesmas já usadas em estabelecimentos com aglomeração de pessoas. Haverá sinalização no chão de posicionamento com distância de 1,5 metro entre as pessoas e frascos com álcool em gel deverão estar disponíveis. 

Contudo, diz o secretário, se os fiscais das seções eleitorais entenderem que seja necessário controlar a circulação de eleitores para evitar aglomeração, a entrada ficará fracionada. 

No registro de voto em si, a Justiça Eleitoral decidiu suspender o uso da biometria neste ano. O eleitor deverá comparecer com um documento com foto e o título. 

“Ele passará pelo mesário, receberá as instruções e já vai para a urna com o comprovante de votação, que será apenas um. Na urna, ele vota na sequência: vereador, prefeito e senador, no caso de Mato Grosso. De lá, estará liberado para ir embora”. 

O registro de voto será aberto com uma hora de antecedência nestas eleições e começará às 7h. Até às 10h, serão priorizados os eleitores com 60 anos ou mais. Mas, as pessoas não ficam impedidas de comparecer nesse horário. 

O portão será fechado às 17h. O registro de voto terá continuidade para quem estiver nas dependências dos locais definidos como seção eleitoral. O primeiro turno está programado para 15 de novembro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCliente denuncia padaria ao encontrar lâmina no meio de pão que estava comendo
Próximo artigoCasal de agiotas é detido após cobrança malsucedida