Prefeitura recua e vai devolver monumento de Dias-Pino e painel de Adir Sodré a praça

Painel de um expoente das artes visuais de Mato Grosso, Adir Sodré, também foi apagado e deve "retornar" à praça

Árvore de Todos os Povos vai voltar à Praça Oito de Abril

Depois da enxurrada de críticas que recebeu a Prefeitura de Cuiabá ao retirar o monumento “Árvore de Todos os Povos”, de Wlademir Dias-Pino da Praça Oito de Abril, foi anunciado nesta terça-feira (21) o tombamento do bem como Patrimônio Oficial de Cuiabá.

Com essa medida, a Prefeitura, via Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, espera que outras gestões não cometam o mesmo erro, já que a obra permeada por grande carga conceitual e histórica foi retirada para dar lugar a uma obra genérica.

O secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo garantiu que a iniciativa visa valorizar e respeitar a cultura de Cuiabá.

Com forte apelo popular, a Prefeitura recua e além de recolocar a obra no local de origem, promete também se redimir com a arte de “Adir Sodré”. O painel de um dos maiores expoentes das artes visuais de Mato Grosso havia sido apagado.

Em reunião com representantes da Secretaria de Cultura no dia 10 deste mês, a diretora geral do Instituto Silva Freire, Larissa Spinelli, explicou a importância do monumento de Dias-Pino para a cultura cuiabana.

A escultura-poema “Árvore de Todos os Povos” é fruto do Movimento do Intensivismo e surgiu como resultado de uma nova intencionalidade plástica, artística e literária, ocorrida em Cuiabá entre as décadas de 1940 e 1950.

Ela também lembra a importância do artista tanto no cenário nacional como no mundial. “Muita gente que passa por ali não sabe a importância dessa escultura. O trabalho do Wlademir é estudado por pesquisadores de outros países. Dentre outras coisas, ele foi o primeiro do mundo a criar um livro objeto. Para Cuiabá é uma honra abrigar uma obra de um artista que até hoje é considerado como vanguardista.”

Entenda

As obras foram retiradas da Praça durante os trabalhos de revitalização do espaço, entregue à população no dia 23 de dezembro de 2019. O trabalho, fruto de parceria entre as Secretarias de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, também garantiu a reconstrução do piso, pintura, instalação de iluminação de LED, bancos e lixeiras, jardinagem e paisagismo.

(Com informações da assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSinop Energia é patrocinadora da EXPOGEN 2020
Próximo artigo“Isso é Churrasco”: evento terá três horas de show com Fernando & Sorocaba e lucros para o HcanMT

O LIVRE ADS