Prefeitura de Cuiabá vai bancar reforma de casas de famílias carentes

Programa vai dar até R$ 12 mil para obras projetadas e supervisionadas por professores e alunos da Universidade Federal de Mato Grosso

A Prefeitura de Cuiabá lança nos próximos dias um programa que vai oferecer até R$ 12 mil para famílias de baixa renda reformarem suas casas. A ideia é acelerar o processo de reestruturação e ordenamento da cidade. Para a primeira etapa, 300 pessoas já foram selecionadas. Elas moram nos bairros Jardim Umuarama II, Altos da Serra, Planalto, Vale do Carumbé e Três Barras.

O dinheiro do “Bem Morar – A Prefeitura reforma a sua casa” vai ser repassado por meio de um cartão e poderá ser usado, não apenas para compra de material de construção – que precisará ser feita em lojas credenciadas junto ao município –, mas também para pagar mão de obra.

O controle da prefeitura sobre o recurso repassado a cada família será feito com auxílio dos setores de engenharia e arquitetura da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que vão elaborar os projetos das reformas e acompanhar a execução. Segundo o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Air Praeiro, professores e alunos estão envolvidos na proposta.

Com o orçamento de cada reforma pronto, a Secretaria de Habitação vai liberar os projetos das obras e as listas de material necessário às famílias. A liberação do dinheiro será semanal e vai depender do cumprimento do cronograma da obra.

“Caso a família não cumpra o cronograma, salvo algumas exceções, a remessa seguinte não será liberada. O beneficiário precisa finalizar a execução semanal para que a prefeitura possa disponibilizar a outra parte do valor”, explica o secretário.

“Mais de 50% dos nossos bairros são oriundos de ‘grilagens’, trazendo falta de estrutura básica para as localidades. É um gargalo antigo e que há muitos anos ficou esquecido pelo poder público. Agora, estamos procedendo com essas ações, avançado de forma completa no ordenamento da cidade”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

*Com assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGuedes diz que está preparando sequência de medidas fortes e positivas
Próximo artigoMinistério divulga regras para policiamento comunitário

O LIVRE ADS