Prefeito Marcelo Crivella é preso em operação no Rio de Janeiro

Crivella é investigado de supostamente montar um "Quartel General da propina" dentro da prefeitura do Rio de Janeiro

(Foto: Reprodução)

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella foi preso no começo da manhã desta terça-feira (22) em uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). O prefeito foi encaminhado para a Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

A ação é um desdobramento da Operação Hades, que investiga um suposto “Quartel General da Propina” que funcionaria dentro da Prefeitura do Rio.

De acordo com o processo, o prefeito não só fazia parte do esquema, como também seria um dos idealizadores do esquema.

Além do prefeito, também foram presos o empresário Rafael Alves (suspeito de ser chefe do esquema), Mauro Macedo (ex-tesoureiro da campanha de Crivella) e o ex-delegado Fernando Moraes (também ex-vereador).

Derrotado durante as eleições municipais de 2020, Crivela está a menos de oito dias de concluir seu mandato como prefeito. Uma vez perdendo o foro privilegiado, a situação do então prefeito com a justiça se agrava e o mesmo pode ser detido permanentemente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPGR pede revogação da liminar que suspendeu trecho da Ficha Limpa
Próximo artigoGoverno de MT comprou 11 vagões a mais para o VLT