Prefeito de MT nega ter recebido todas as doses de vacina divulgadas pela União

Nossa Senhora do Livramento afirma que, até terça-feira (30), recebeu mil doses a menos que o número divulgado pelo Ministério da Saúde

Foto: Christiano Antonucci.

A Secretaria de Saúde de Nossa Senhora do Livramento contesta o número de doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. O município teria recebido, até terça-feira (30), mil doses a menos que as informadas pelo governo federal. 

Segundo o vice-prefeito Thiago Almeida, o município retirou 3.021 doses, das quais 1.275 são destinadas para a população quilombolas. Contudo, o Ministério da Saúde informa a distribuição de 4.081 doses (1.060 a mais). 

“Dessas 3.021 doses, 1.275 chegaram ontem para a população quilombolas. Nós não recebemos as 4.081 que foram informados. Estamos recebendo vários questionamentos de para onde foram essas doses. Nós temos notas que comprovam o que recebemos”, disse o vice-prefeito. 

O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems-MT), Marco Antônio Norberto, diz que os dados atualizados pelo Ministério da Saúde incluem as doses destinadas a população quilombola e indígena. 

Os números entram na distribuição feitas para os municípios onde essas populações moram ou na circunvizinhança. Contudo, as doses são entregues para os Distritos Especiais Indígenas (Dseis) e outros órgãos de saúde responsáveis pelo atendimento direto de quilombolas. 

“No primeiro lote que Mato Grosso de 126 mil doses vieram inclusas doses destinadas para quilombolas e indígenas, mas isso não apareceu discriminação na divulgação geral. Mas o Ministério da Saúde faz essa distinção”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de MT sanciona lei que reconhece atividade religiosa como essencial
Próximo artigoCPI quer barrar reajuste