Prefeito de Cuiabá sanciona LDO 2022 sem emendas parlamentares

Previsão é que a receita bruta seja de R$ 4 bilhões no próximo ano, que serão aplicados totalmente por definição da prefeitura

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) com previsão de R$ 4 bilhões para Cuiabá em 2022. A lei foi publicada na Gazeta Municipal de quinta-feira (5). 

O texto entrou em vigor da maneira que veio da Câmara dos Vereadores, sem a inclusão de emendas parlamentares. O projeto foi aprovado por 19 votos, mas é contestado na Justiça estadual por vereadores da oposição. Ele alegam suposta supressão do direito de fazer alterações no projeto.

LEIA TAMBÉM

O documento apresenta as prioridades e metas do município para o próximo ano. A receita estimada bruta é de R$ R$ 4.032.967.872 e refere-se a investimentos previstos, o que corresponde a soma da receita corrente, formada pela Fonte 100 e convênios.  

A sanção da LDO 2022 abre caminho para a prefeitura elaborar o Plano Plurianual (PPA), que terá a prioridade para investimento financeiro do município no segundo mandato do prefeito Emanuel Pinheiro. O plano começa a ser discutido na próxima semana. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDe mãos dadas à CPI
Próximo artigoAumento nas vendas: Dia dos Pais tem clima de otimismo para o comércio em Cuiabá