Prédio da Delegacia da Mulher é fechado e atendimentos transferidos

Prédio teria problemas estruturais, como rachaduras e corrosão de uma das vigas

O prédio onde funciona a Delegacia da Mulher passou por vistoria do Corpo de bombeiros e da Defesa Civil de Cuiabá, na tarde desta sexta-feira (3), e acabou interditado por uma série de problemas estruturais. Em função disso, o atendimento será realizado temporariamente na Central de Flagrantes, localizada no bairro Verdão.

O prédio locado apresenta rachaduras e a ferragem de uma das vigas de sustentação está passando por um processo de corrosão, segundo informações da Defesa Civil do município. A situação seria resultado de uma infiltração no banheiro instalado exatamente sobre a viga.

No entanto, a Defesa Civil informou não ser necessária a interdição do local. Mesmo assim, o prédio estará fechado para reformas.

O proprietário do prédio acompanhou as vistorias e informou que deve iniciar as obras de reparo neste sábado (4).

Os bombeiros militares foram os primeiros a serem acionados via 193 e chegaram a fazer o isolamento prévio do local. Na porta da delegacia, está fixado um aviso de interdição explicando o fechamento temporário e informado o novo local de atendimento.

O outro lado

Em nota, a Polícia Judiciária Civil informou que tomará as providências necessárias para que o problema seja resolvido.

Confira na íntegra a nota:

A Polícia Civil informa que a Diretoria Metropolitana está tomando as providências cabíveis para resolução do problema, bem como o proprietário do imóvel foi acionado para acompanhar a vistoria do prédio locado.

Para não comprometer as atividades relacionadas à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, os policiais civis da unidade estão provisoriamente realizando os atendimentos na Central de Flagrante, no bairro Verdão, em Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Eu tenho peito, eu faço”, diz Emanuel ao prometer licitação até o dia 15
Próximo artigoDiretor de fotografia de Detetive Pikachu critica trailer de Sonic: O Filme