Preço da cesta básica aumentou em Cuiabá em agosto, diz pesquisa

A pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revelou um aumento 2,57%

(Divulgação)

O preço dos alimentos essenciais que compõem a cesta básica aumentou na capital de Mato Grosso, no mês agosto. O levantamento foi divulgado nesta quarta-feira (5) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em sua pesquisa mensal.

Enquanto em julho o valor apurado foi de R$ 398,43, em agosto a cesta básica ficou em R$ 398,41, ou seja, um aumento 2,57% se comparação ao mês anterior, quando Cuiabá apresentou uma queda significativa no preço dos alimentos.

No mês passado, Cuiabá registrou a maior queda no preço da Cesta Básica no país, quando os alimentos ficaram 8,67% mais baratos.

Apesar do aumento registrado neste mês, Cuiabá ainda tem uma cesta básica mais barata do que a maior parte das capitais brasileiras devido à queda expressiva do mês anterior.

Cestas mais caras e mais baratas

A cesta básica mais cara do país, apurada pelo Dieese, é a de São Paulo (R$ 432,81), seguida pela de Florianópolis (R$ 431,30), Porto Alegre (R$ 419,81) e Rio de Janeiro (R$ 417,05). Os menores valores médios foram observados em Salvador (R$ 311,92) e São Luís (R$ 329,42).

 

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorANS suspende a comercialização de 26 planos de saúde de 11 operadoras
Próximo artigoTime feminino de futsal passa mal depois de tomar comprimidos entregues por técnico