Possíveis vítimas do médium João de Deus podem fazer denúncia ao MP em Mato Grosso

Até o momento, mais de 200 possíveis vítimas fizeram denúncia contra o médium

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O procurador-geral de justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, solicitou aos Ministérios Públicos dos outros estados e do Distrito Federal (DF) que seja realizada uma força-tarefa para atender supostas vítimas do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, acusado de abuso sexual. Em Mato Grosso (MT), até o momento, não consta nenhuma denúncia no Ministério Público Estadual e na Polícia Civil.

O MP de Goiás recebeu 206 denúncias, até a tarde desta terça-feira (11), contra o médium, que realizava atendimento espiritual em Abadiânia, interior de Goiás. As supostas vítimas se identificaram como sendo de nove estados brasileiros, do Distrito Federal, dos Estados Unidos e Suíça.

[related_news ids=”125715,125386,124456″][/related_news]

Todas as possíveis vítimas estão sendo orientadas a procurar o Ministério Público de seu Estado, que ficará responsável pela coleta de depoimentos. Em seguida, essas provas serão enviadas para força-tarefa do MP-GO, que conta com cinco promotores de Justiça e duas psicólogas.

O Ministério Público de Mato Grosso informou ao LIVRE que foi realizada uma “varredura” nos canais de denúncia, mas que não foram encontrados nenhum caso envolvendo o médium. Apesar disso, o MP-MT está preparado para receber supostas vítimas de João de Deus.

A força-tarefa dará apoio ao promotor que está atuando em Abadiânia (GO) e concentrará as investigações sobre as denúncias de eventuais abusos que chegarem a partir de agora – a condução dessas novas apurações ficará, assim, com o MP.

Foi criado um e-mail específico para o recebimento desses casos: [email protected]. Os relatos poderão ser encaminhados para o e-mail e o sigilo é assegurado, pois só terão acesso às informações os integrantes da força-tarefa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCharlie Sheen comemora um ano longe das drogas e das bebidas alcoólicas
Próximo artigoHeróis da Catedral de Campinas