Por causa da pandemia, inflação de outubro é a maior dos últimos 18 anos

Os produtos que mais subiram de preço foram os alimentos e as passagens aéreas

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A inflação do Brasil alcançou uma alta histórica e já é a maior dos últimos 18 anos, em todo país. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (6), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pesquisa foi realizado dia 1º ao dia 31 e registou uma alta histórica que pode ter sido causada pela pandemia e as políticas de isolamento social.

Conforme o levantamento, a inflação foi impulsionada pela alta dos preços dos alimentos e dos transportes, com destaque para as passagens aéreas que subiram, em média, quase 40%.

Entre os alimentos, os que acabaram ficando mais caros estão o óleo de soja, que teve seu valor aumentado 77% ao longo do ano.

Ouros alimentos também tiveram alta astronômica, como o arroz (59,48%), o limão (50,88%) e o feijão preto (37,71%).

Ainda não existem dados que apontem se estes alimentos devem voltar ao preço normal depois da pandemia.

Mesmo com a alta, a inflação ainda segue abaixo do centro da meta do governo para 2020, que previu que ela poderia passar de 4%, também por causa da pandemia do novo coronavírus.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLadrões fazem família refém por três horas, mas acabam presos em Cuiabá
Próximo artigoHomem e mulher são presos por estuprar adolescente ao sair da igreja