Policial reage a assalto, mata um ladrão e deixa outro em estado grave em MT

Caso aconteceu em Barra do Garças nesta madrugada

Ilustrativa / Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Um soldado da Polícia Militar reagiu a um assalto na madrugada desta quarta-feira (3) na porta de sua casa, no Bairro Vila Santo Antônio, em Barra do Garças (520 km de Cuiabá), matou um dos ladrões envolvidos no crime e deixou outro em estado grave.

Segundo relato do policial, ele estava jogando videogame em sua casa, por volta das 2h20, e sua motocicleta, uma CB300, estava estacionada na calçada da casa, quando uma pessoa bateu no portão.

Ao abrir a porta, ele viu um homem moreno, magro e alto, era um adolescente de 16 anos. O suspeito pediu um copo de água, o policial foi até a cozinha, buscou e voltou.

Quando foi entregar, porém, o adolescente gritou: “Aborda, aborda”, e outro suspeito apareceu – também menor, de 17 anos -, com uma arma nas mãos, apontando para o policial e gritando: “Perdeu, perdeu”.

Reação imediata

Vendo-se sob ameaça, o policial reagiu sacando sua arma e atirando contra o suspeito armado. Na sequência, o suspeito que havia pedido água colocou a mão por debaixo da camisa e o militar reagiu atirando também nele.

Ele olhou ao redor e viu um terceiro suspeito fugindo, mas não conseguiu detê-lo. O PM acionou a Polícia Militar via 190 e o Corpo de Bombeiros para prestar socorro aos suspeitos alvejados.

Uma equipe da Força Tática foi a primeira a chegar no local; em seguida chegou a equipe do oficial do dia e, depois, uma terceira equipe militar.

Os policiais que chegaram primeiro conversaram com o suspeito que estava armado e o gravaram falando que a quadrilha estava em quatro pessoas, que foram até o local para roubar a motocicleta do policial e que havia um Gol de cor vinho dando apoio a eles.

Um vizinho do militar disse ter visto os suspeitos sentados na esquina desde 0h30 e que chegou a falar com eles, que disseram ser de General Carneiro (450 km de Cuiabá).

Os bombeiros prestaram socorro aos suspeitos, mas um deles não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O segundo está internado em estado grave.

Depois que a arma deles foi apreendida, foi constatada que era um simulacro.

Em nota, o comandante do 5º Comando Regional da PM, coronel Antônio Gilvando de Souza, disse que os suspeitos afirmaram que o crime havia sido encomendado.

O caso foi registrado como tentativa de roubo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBebê de 11 meses morre após se afogar com leite em Cuiabá
Próximo artigoHospital de Câncer de MT celebra 22 anos nesta quinta-feira