Policial guarda arma no forno e ela começa a disparar tiros pela cozinha

Policial pegou a arma enquanto ela disparava e acabou sofrendo escoriações na perna esquerda e luxação na mão direita

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um cabo da Polícia Militar passou por um susto após guardar sua arma no forno e uma amiga, sem saber, ligar o aparelho para assar salgados. O calor acabou aquecendo a arma e ativando as munições, que dispararam sozinhas.

O caso aconteceu em maio, no Bairro Jardim Gramado, em Cuiabá, mas só foi registrado nessa sexta-feira (16).

Uma equipe da Rotam foi acionada por volta das 16 horas do dia 25 de maio pelo cabo da PM e foi até o local em que ele se encontrava, a casa de uma amiga.

No local, ele contou que estava visitando a amiga e aproveitou para fazer alguns reparos na área externa da casa. Por segurança, resolveu guardar seu armamento, uma pistola com 13 munições intactas, no interior do forno da cozinha da residência.

Sem saber disso, porém, a amiga ligou o forno para assar salgados e, enquanto o aparelho pré-aquecia, todos na casa começaram a ouvir algo estourando dentro dele.

Oito dias de repouso

O cabo da PM correu até o fogão e retirou a arma utilizando um pano. Ele levou o armamento até uma área dos fundos da casa, mas as munições ainda estavam sendo acionadas involuntariamente, dentro do carregador, por causa da exposição ao calor.

Com a ação do policial, ele acabou sofrendo escoriações na perna esquerda e luxação na mão direita, sendo necessário ser conduzido até uma unidade de saúde. Ele precisou ficar oito dias em repouso para se recuperar.

A arma também ficou danificada por causa da exposição ao calor. Além da amiga do policial, a esposa dele também testemunhou todo o ocorrido.

O caso foi registrado como ocorrência atípica, de natureza diversa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrimeira-dama entrega brinquedos para crianças em tratamento no Cridac
Próximo artigoFiocruz analisa 12 casos potenciais de reinfecção pelo novo coronavírus