Policial chega em comércio em meio a assalto, reage e acerta tiro em ladrão

Policial foi à borracharia para comprar bicicleta e acabou entrando em tiroteio com os ladrões

Ilustrativa / Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um cabo da Polícia Militar reagiu a um assalto a uma borracharia no Bairro Jardim Liberdade, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), no fim da tarde dessa segunda-feira (18), e alvejou um dos suspeitos, de 31 anos.

Conforme o boletim de ocorrência, o suspeito de 31 anos chegou primeiro à borracharia e, logo em seguida, mais dois homens entraram e anunciaram o roubo, levando as vítimas para a parte superior do estabelecimento e mantendo-as em cárcere privado.

Durante o roubo, porém, um cabo da PM chegou perguntando a respeito de uma bicicleta que estava a venda e, sem saber do assalto, entrou no estabelecimento, visto que um dos suspeitos disse que o proprietário da borracharia estava no escritório trabalhando.

Quando o policial entrou, porém, ele notou que todos os funcionários estavam deitados no chão e o suspeito anunciou o roubo.

O cabo da PM sacou sua arma, disse que era policial e mandou os ladrões se entregarem. Um deles, porém, atirou contra o militar, que reagiu atirando duas vezes. O suspeito, então, atirou mais uma vez contra o policial.

Durante a troca de tiros, dois suspeitos fugiram, mas o terceiro acabou atingido pelo policial, que conseguiu se abrigar e não ser atingido, assim como todas as vítimas.

A Polícia Militar foi acionada e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que prestou socorro ao suspeito e o encaminhou ao Hospital Regional.

O suspeito estava com tornozeleira eletrônica. A arma dele, um revólver calibre 38, foi apreendida.

O caso foi registrado como roubo, sequestro e cárcere privado, tentativa de roubo seguido de morte e tentativa de morte por intervenção de agente do Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVaquinha pra campanha
Próximo artigoCovid-19: campanha de vacinação tem algumas restrições de imunização