Policiais salvam recém-nascida de seis dias afogada com o próprio vômito

A menina dormia quando apresentou sinais de engasgo e parou de respirar

Foto: PMMT

Policiais Militares de Pontes e Lacerda (445 km de Cuiabá) salvaram uma recém-nascida de apenas seis dias de vida, na tarde desse domingo (25), que estava sem respirar por ter se engasgado com o próprio vômito enquanto dormia.

A mãe da menina ligou para a polícia pedindo ajuda e contando que a bebê dormia normalmente quando apresentou sinais de engasgo e parou de respirar.

Uma equipe foi encaminhada à casa da família, no Bairro Santa Cruz, em Pontes e Lacerda, imediatamente, enquanto um policial ficou instruindo a mãe por telefone sobre os procedimentos de emergência.

Ao chegar na casa, os militares perceberam que a mãe estava aplicando o método de socorro de forma errada, com a bebê virada para cima, sendo que o correto é com ela virada de bruços.

Eles, então, pegaram a menina, que já estava roxa, no colo e fizeram uma sequência de manobras de reanimação. A recém-nascida reagiu e começou a chorar ainda dentro da viatura, a caminho do hospital.

Como o hospital mais próximo ficava a uma longa distância, os policiais e a mãe pararam em um Batalhão do Corpo de Bombeiros para confirmar o estado de saúde da bebê.

Os bombeiros viram que a menina estava melhor e não corria mais risco de vida. Com isso, os militares e a mãe seguiram com a recém-nascida para o Hospital Santa Casa, onde ela passou por exames médicos e, depois, foi liberada para retornar para casa.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno tenta evitar que incêndios na Bolívia cheguem ao Pantanal
Próximo artigoMacron “surfa nas cinzas da Amazônia” e quer impor “barreira verde”, diz Mauro Mendes