Policiais ajudam a salvar menina de cinco anos picada por escorpião

A criança foi picada por um escorpião amarelo, cujo veneno é o mais potente encontrado no Brasil

O capitão Nazário (à esquerda) / Helena e a mãe (no meio) / Adriana, a mãe (à direita)

Bastou uma mensagem no WhatsApp para que a equipe da Polícia Militar da Base Moinho, em Cuiabá, corresse para salvar a pequena Helena, de cinco anos, que havia sido picada por um escorpião.

A mãe da menina, Adriana Cabelo, pediu ajuda pelo grupo Sentinela, que reúne moradores e policiais militares que moram e atuam na região do Bairro Jardim Universitário, em Cuiabá.

O pedido de socorro aconteceu por volta das 02 horas, quando Helena foi picada por um escorpião amarelo, cujo veneno é o mais potente encontrado no Brasil.

A equipe do capitão Cleiton Honório Nazário foi rapidamente para a casa da família e encontrou a mãe desesperada e a criança gritando de dor.

A menina foi colocada na viatura e levada às presas ao Hospital Municipal de Cuiabá, onde recebeu atendimento e foi medicada.

Duas coisas foram essenciais para o salvamento da menina: a mãe ter conseguido capturar o escorpião e o socorro rápido dos policiais.

“Salvou a vida da minha filha – ela já estava chegando lá [no hospital] com choque anafilático – tanto com a rapidez em me atender, quanto em exigir que o hospital também atendesse com essa agilidade. Parabéns”, disse a mãe, Adriana, agradecida.

Agora, Helena já recebeu alta e passa bem.

Em um vídeo, o capitão Nazário e a mãe de Helena, Adriana, contaram um pouco mais sobre a ocorrência. Veja:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais um mês sem aulas
Próximo artigoEmpresário sofre infarto ao volante, capota o carro e morre