Polícia prende três integrantes de quadrilha especializada em roubo de cargas

Suspeitos foram presos em Colíder e são acusados de cometer crimes em Sinop

Uma operação realizada neste final de semana pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), resultou na prisão de três homens, acusados de integrar uma quadrilha especializada em roubos de cargas de soja em Sinop (500 Km de Cuiabá). Os suspeitos foram encontrados em Colíder (634 Km de Cuiabá).

“As investigações se estenderam por vários meses. Descobrimos o modo que eles agiam. Eles sempre rendiam os motoristas e os levavam para uma região de mata. Em seguida, um membro da quadrilha pegava as carretas e descarregava a carga em um armazém, próximo ao local do crime. Além disso, eles bloqueavam o sinal de GPS [dos veículos rastreados] para não serem localizados”, explicou o delegado Ugo Heck.

Um dos depósitos da quadrilha fica localizado no bairro Alto da Glória, em Sinop. Segundo informações, o local parecia estar abandonado, porém estava sendo usado pelo grupo. Conforme o delegado, ao menos três cargamentos roubados foram descarregados no local.

“Inicialmente, um homem foi preso acusado de ter alugado o armazém para o grupo. Já em Colíder, o chefe da organização, um dos motoristas e um terceiro suspeito foram presos”, contou.

O delegado confirmou que a quadrilha pode estar envolvida no roubo de carga que aconteceu na última quinta-feira (9). Na ocasião, o motorista de um bitrem foi abordado por dois homens às margens da BR-163 e levado para uma área de mata, na MT-220, onde ficou amarrado. A carga levada no crime foi localizada em um barracão, no bairro Alto da Glória.

“A princípio acreditamos que eles sejam responsáveis por esse e outros crimes. Agora, a polícia segue à procura dos demais integrantes da quadrilha, que possivelmente seriam os responsáveis por abordar os motoristas”, concluiu o delegado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMedeiros revela jantar anti-Moro
Próximo artigoCidades em festa