Polícia Militar intensifica fiscalização em todo o Estado durante o Carnaval

Fiscalizações, barreiras, abordagens e checagens de veículos serão reforçadas nas aéreas urbanas e principalmente nas rodovias estaduais

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Polícia Militar de Mato Grosso reforça, a partir desta sexta-feira (25), o policiamento durante o Carnaval em todo o Estado. As ações seguem até a próxima quarta-feira (4). Fiscalizações, barreiras, abordagens e checagens de veículos serão intensificadas nas aéreas urbanas e principalmente nas rodovias estaduais.

A PM vai apmpliar atividades operacionais com o emprego de equipes policiais dos 15 Comandos Regionais do Estado, com objetivo de reforçar o policiamento ostensivo nos locais de muita movimentação de pessoas, áreas comerciais, bairros e no trânsito, mesmo sem previsão de eventos públicos de Carnaval.

Por meio do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTRAN), a PM vai intensificar as ações de barreira policial e abordagem à condutores de veículos nas rodovias estaduais e também com a Operação ‘Lei Seca’, da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Os policiais militares do BPMTRAN estarão presentes nas rodovias MT-251 (acesso à Chapada dos Guimarães), MT-010 (acesso ao Distrito de Nossa Senhora da Guia) e MT-040 (acesso a Santo Antônio de Leverger), além da área urbana, sobretudo nas regiões centrais de Cuiabá e Várzea Grande.

As ações contarão com o apoio das unidades especializadas da instituição, como o Batalhão da Rotam, Cavalaria, Batalhão de Proteção Ambiental e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), além das equipes de Força Tática, Grupo de Apoio (GAP), Raio e Comando de Ação Rápida (CAR).

A PMMT está presente, ainda, em pontos turísticos, balneários, regiões pesqueiras, entre outros, por meio de ações preventivas e/ou repressivas, visando a garantia da ordem pública e a segurança das pessoas.

Disque-Denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Janela” para deputados trocarem de partido abre na próxima quinta
Próximo artigoEmbaixador da Ucrânia pede “reação mais forte” do governo brasileiro contra a Rússia