Polícia Federal apreende celular e R$ 30 mil na casa de ex-secretário de Saúde

Célio Rodrigues da Silva foi afastado do cargo por ordem da Justiça Federal, juntamente com o secretário Alexandre Beloto

(Foto: Luiz Alves/ Prefeitura de Cuiabá)

A Polícia Federal apreendeu um telefone celular e R$ 30 mil na casa do secretário de Saúde de Cuiabá Célio Rodrigues da Silva, em cumprimento de mandado de busca e apreensão da Operação Curare, deflagrada nessa sexta-feira (30). 

As apreensões foram confirmadas pelo advogado de defesa Francisco Faiad. Ele não deu detalhe sobre a suposta participação de Célio Rodrigues no esquema investigado pela PF. 

Célio Rodrigues da Silva e o secretário interino de Administração, Alexandre Beloto, foram afastados do cargo no fim da manhã de ontem, por ordem da Justiça Federal. Eles são alvos da operação. 

A Polícia Federal cumpriu 21 mandados de busca e apreensão em Cuiabá (MT), Curitiba (PR) e Balneário Camboriú (SC), além de ordem cautelar para anular contratos assinados na área da saúde. 

A informação divulgada pela Polícia Federal é sobre um suposto esquema de subnotificação na contratação de empresa de fachada, gerando prejuízo de R$ 100 milhões desde 2019.  

O esquema teria se difundido na pandemia, com a instalação do modelo de contratação de urgência por órgãos públicos para tratamento de pacientes da covid-19. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP vai fiscalizar reabertura das escolas para assegurar retorno a partir da próxima semana
Próximo artigoHomem é preso por pedir beijo a enteada de sete anos e dizer que a namoraria