Polícia conclui inquérito e indicia cinco por homicídio de jovem em Tangará da Serra

O corpo da vítima foi localizado no dia 2 de fevereiro em uma região de mata a aproximadamente 30 quilômetros da cidade

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Cinco pessoas que tiveram a participação identificada no homicídio do jovem João Vitor de Jesus Soares, em Tangara da Serra (240 km de Cuiabá) foram indiciadas pela Polícia Civil em inquérito instaurado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O procedimento concluído na sexta-feira (4) e encaminhado para a Justiça.

João Vitor de Jesus Soares, de 20 anos, estava desaparecido desde o dia 25 de junho de 2021 e teve o corpo localizado no dia 2 de fevereiro, em uma região de mata, a aproximadamente 30 quilômetros da cidade.

Durante as investigações, a Polícia Civil ouviu várias pessoas e traçou a linha de investigação, que foi confirmada.

O crime

Segundo apurado, o crime foi cometido por integrantes de uma facção criminosa, após uma briga em um bar, pelo fato de a vítima estar se relacionando com a mulher de um dos suspeitos.

Na ocasião do crime, a vítima foi atraída para casa de um dos autores, que junto a um comparsa, iniciou as agressões. Em seguida, chega o terceiro suspeito que foi o responsável por levar todos os envolvidos até o local em que ocorreu a execução da vítima.

Dois envolvidos no crime foram presos na época dos fatos e, nesta quarta e quinta-feira (2 e 3), foram cumpridos os mandados de prisão contra os outros três suspeitos identificados.

Entre os indiciados estão duas mulheres que tiveram a participação identificada no crime. Uma delas teria ajudado a atrair a vítima para a emboscada e outra teria identificado a vítima para os criminosos.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSuspeito de descumprir medida protetiva reage durante prisão e deixa policiais feridos
Próximo artigoPolícia de MT recupera R$ 43 mil de vítimas que caíram em golpes na internet