Polícia Civil interroga adolescentes que planejavam ataque a escola

Denúncia foi feita pela coordenadoria da Escola Estadual Salim Nadaf, localizada em Várzea Grande

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Três adolescentes tiveram que prestar depoimento na tarde desta quinta-feira (17) à Polícia Civil de Mato Grosso. Eles faziam parte de um grupo de WhatsApp criado com a finalidade de praticar um atentado a uma escola pública.

A denúncia foi feita nesta manhã pela coordenadoria da Escola Estadual Salim Nadaf, localizada no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Com base nas informações, os menores supostamente envolvidos na denúncia compareceram à Delegacia Especializada do Adolescente de Várzea Grande (DEA-VG), acompanhados dos pais.

Segundo a Polícia Civil, se comprovada qualquer situação ilícita, os adolescentes poderão responder pelos atos infracionais de incitação e apologia ao crime.

Ainda de acordo com a Polícia, detalhes sobre as ocorrências não serão divulgados, para que não encorajar outros adolescente a agirem da mesma forma.

LEIA TAMBÉM

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça de São Paulo revoga prisão domiciliar de Roger Abdelmassih
Próximo artigoMPE descarta denúncias da OAB e arquiva mais duas investigações contra promotoras

O LIVRE ADS