Mais famoso estelionatário do país é alvo de operação da polícia

Um esquema de fraudes em processos de progressão de regime de presos é alvo da operação “Regressus”, deflagrada nesta quarta-feira (25.04), pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, com apoio do Tribunal de Justiça e o Ministério Público.

A investigação é coordenada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado e teve  a cooperação da Subsecretaria de Inteligência do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A operação “Regressus” (retornar ao sistema) cumpre três mandados de prisão preventiva e 19 ordens de busca e apreensão nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Rio de Janeiro.

Os alvos com prisões expedidas pela Vara do Crime Organizado (7ª Vara) são dois criminosos, ex-presidiários notoriamente conhecidos, com vasta condenação penal, que teriam por meios fraudulentos progredidos de regime. O terceiro é um ex-assessor da 2ª Vara Criminal de Cuiabá – Vara de Execuções Penais.

A investigação é sedimentada em três inquéritos instaurados na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que apuram fraudes processuais para obtenção de progressão de regime, peculato  e também lavagem de capitais de reeducandos que progrediram usando documentos falsos.

Um dos presos nesta manhã é Marcelo Nascimento da Rocha, 42 anos, conhecido como maior estelionatário do país. Ele foi preso em um edifício residencial próximo ao Pantanal Shopping.

Em um vídeo divulgado pelo site Mato Grosso Mais, Marcelo diz que tudo será esclarecido na delegacia e não passa de um “terrível engano”.

O promotor de eventos foi levado para a viatura da Defaz sem o uso de algemas.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=33&v=JVKJfsTprSM

Conhecido por ter sido preso mais de 12 vezes, a vida de Marcelo chegou a se tornar filme, “VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso”, foi estrelado pelo ator Wagner Moura.

Um dos golpes mais famosos do estelionatário, foi se passar pelo filho do dono da Gol, Nenê Constantino.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIrritado com motorista, idoso quebra saída de emergência e sai de ônibus pela janela
Próximo artigoAgentes da Defaz cumprem mandados de prisão e busca e apreensão em Cuiabá