Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão contra acusados de matar agricultor

O crime aconteceu em março deste ano e a suposta motivação seria uma dívida no valor de 50 mil reais

Imagem Ilustrativa.

A Polícia Judiciária Civil cumpriu, na manhã desta terça-feira (27), cinco mandados de prisão preventiva contra pessoas acusadas de envolvimento na morte do agricultor Elizeu Chiodi, de 40 anos, que residia na cidade de Vera (460 Km de Cuiabá). O agricultor desapareceu no dia 10 de março deste ano depois de sair de casa para fazer uma cobrança na cidade de Feliz Natal (511 Km de Cuiabá).

O valor da dívida, segundo informações da polícia, era de R$ 50 mil. Depois disso, ele não foi mais visto e o carro em que usava na época, um Fiat Strada, também desapareceu. Cerca de um mês depois, o carro foi encontrado abandonado nas proximidades de uma fazenda, em Santa Terezinha do Rio Ferro, no município de Nova Ubiratã (480 Km de Cuiabá). Os restos mortais do agricultor só foram localizados no dia 07 de maio, na zona rural de Nova Ubiratã.

Os cinco suspeitos foram detidos nas cidades de Vera, Feliz Natal e Marcelândia (640 Km de Cuiabá). Fora os acusados já presos, de acordo com o delegado Flávio Braga, responsável pelo caso, existe um sexto mandado a ser cumprido, porém o homem está foragido.

Nenhum dos seis envolvidos teve a identidade revelada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSobre Desafios e Alternativas para a Cultura
Próximo artigoGoverno Federal lança edital para privatização de aeroportos de MT