“Pode chorar!”

Choro de Francisco Vuolo e comentários de senadores chamam a atenção em lançamento de edital

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O secretário de Desenvolvimento de Cuiabá, Francisco Vuolo, emocionou-se durante sua fala na cerimônia de lançamento do edital da ferrovia que leva o nome de seu pai, Emílio Vicente Vuolo. 

A voz embargada o levou a interromper a fala por duas vezes, ao que seguiu a explicação: “São mais de dez anos que estamos esperando por isso, e agora chegou a vez de Cuiabá. Meu pai morreu sem ver chegar os trilhos, mas eu vou ver”, disse. 

Mas os que mais chamaram a atenção na “quebra do protocolo” foram os senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), ao comentar o choro de Vuolo. “Pode chorar mesmo, Vuolo. Até lá [conclusão das obras] você vai ter muitas oportunidades”, disse Wellington. 

“Bom, o Francisco Vuolo já chorou igual a Maria Madalena, mas a gente entende a emoção”, afirmou Jayme. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMendes e MDB alinhados
Próximo artigoAbandonada pela irmã, jovem deficiente é atacada em casa por estupradores