|Terça-feira, 18 Dezembro 2018
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

PMs se envolvem em confusão, matam dono de bar e são baleados por colega de farda

A confusão teve início porque eles queriam filmar a contratação de uma prostituta

COMPARTILHECOMPARTILHE

Uma confusão envolvendo vários policiais militares na madrugada desta sexta-feira (30) deixou uma pessoa morta e dois policiais baleados. O caso aconteceu no Zero KM, no Bairro Jardim Potiguar, conhecido local de prostituição em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 3 horas desta madrugada as câmeras do Ciosp localizadas no Zero KM flagraram uma confusão, que envolvia disparos de tiros, e que dois homens estavam correndo com armas em mãos, nas proximidades do Bar Mandala.

Uma equipe foi enviada até o local e foi informada por testemunhas de que dois homens tinham acabado de atirar e atingir o dono do estabelecimento, Claudinei Pereira Mota, de 42 anos, que é bastante popular na região, conhecido como “Claudinei do Zero”. Logo depois do crime, os dois fugiram correndo.

Uma prostituta que trabalha no bar relatou aos militares, segundo o boletim de ocorrência, que estava conversando com os dois homens (que ela não sabia serem policiais), combinando um programa, quando percebeu que um deles a estava filmando. Ela pegou o celular dele e o outro homem se exaltou, a empurrou e deu um soco nela.

Nesse momento, o dono do bar, Claudinei, para defender a jovem de 20 anos, entrou no meio da discussão e com um empurrão derrubou o homem que tinha agredido a prostituta.

Assim que se levantou, o homem pegou uma arma em sua mochila e atirou em Claudinei à queima-roupa, acertando o peito da vítima. Logo depois, os dois fugiram e as testemunhas disseram que ouviram mais alguns tiros.

Assim que ouviram as testemunhas, os policiais iniciaram rondas no bairro e encontraram os dois suspeitos correndo, ainda com armas em mãos. Eles ordenaram que os dois parassem, mas não foram obedecidos. Como os dois, até então somente suspeitos, estavam armados, um sargento da PM atirou e acertou os dois: um na perna esquerda e o outro na perna direita.

Assim que foram atingidos, os dois homens, ambos de 37 anos, se identificaram como policiais militares. Ao se aproximar, o policial que atirou nos colegas de farda percebeu que um dos atingidos era um amigo próximo.

Com um dos policiais que estavam fugindo foi encontrado um revólver calibre 38, com três munições intactas e três deflagradas. Com o outro, um revólver calibre 38 com seis munições intactas e uma deflagrada.

Logo em seguida, duas equipes da PM chegaram ao local para dar apoio e solicitaram a presença do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro aos policiais, mas, como estava demorando, os dois foram levados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande nas viaturas.

A Polícia Judiciária Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas, mas não estiveram presentes porque tanto a primeira vítima, quanto os policiais, já haviam sido levados para o hospital.

O dono do bar não resistiu ao ferimento – ele foi atingido por um tiro no peito – e acabou morrendo no Pronto-Socorro. Quatro testemunhas se propuseram a ir para a delegacia para depor e foram encaminhadas pelas equipes militares para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.

Um rapaz de 25 anos se apresentou à equipe que atendeu a ocorrência como policial militar, disse que presenciou todo o fato e se ofereceu também como testemunha. O jovem e mais quatro mulheres, incluindo a pivô do caso, estão na delegacia na manhã desta sexta-feira (30) prestando depoimento.

Os policiais que iniciaram a confusão e foram atingidos por tiros nas pernas seguem internados no Pronto-Socorro de Várzea Grande.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Após operação, Emanuel exonera secretário-adjunto de Saúde, que está foragido
TCE diz que não há efetivo para novo PS e mantém suspensão de temporários
Papai Noel não chega de trenó, mas de transporte coletivo em Cuiabá
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Amigo do Mickey: Galli diz ser covardemente atacado pois é uma pedra no sapato da esquerda
Mauro Mendes anuncia mais seis nomes que irão compor sua equipe de governo
Selma Arruda promete entregar nome de suposto chantagista à PF e ao MPF
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Mato Grosso detém 15% do Valor Bruto da Pecuária bovina nacional
Ministério da Agricultura acumulará atribuições de outras três áreas
Saiba quanto o produtor rural paga de impostos e como aumentar a taxação é prejudicial à economia
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Amor em libras: saiba porque este vídeo tem emocionado a internet
“Quando bebo fico agressiva”, diz blogueira envolvida em confusão em casa noturna
Netflix estreia filme pós-apocalíptico com Sandra Bullock, uma mãe em busca da sobrevivência
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Senado aprova afastamento de grávida e lactante de atividade insalubre
Especialista americano quer ajudar Bolsonaro a mudar legislação sobre armas de fogo
Temer disse estar tranquilo com futuro do Mercosul
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Em MT, concursos públicos têm salários até R$ 12,6 mil; veja cargos e prazos
Provas de concurso para a Secretaria de Educação serão aplicadas neste domingo
Prefeitura de Nova Monte Verde abre concurso com 56 vagas e salários de até R$ 12 mil
X