PM recupera 115 relógios de luxo furtados de relojoaria em MT

Também foram recuperados joias, óculos, fones e outros objetos levados do estabelecimento

(Foto: PMMT)

A Polícia Militar localizou e recuperou 115 relógios de luxo furtados de um estabelecimento, na madrugada desse sábado (18), em Rondonópolis (220 km de Cuiabá). Entre os materiais recuperados pela PM, também estão joias, óculos, fones e celulares.

Por volta de 01h30 da madrugada, os policiais militares do 5º Batalhão foram acionados para verificarem uma ocorrência de furto em uma relojoaria, na região central da cidade. No local, foi visto que as portas do fundo estavam arrombadas, assim como um muro que cerca o estabelecimento. Dentro da loja, os policiais encontraram ferramentas que teriam sido utilizadas pelos criminosos.

Na busca pelos suspeitos do crime, os policiais militares encontraram duas bolsas em um terreno baldio. Ao verificarem os objetos, a equipe constatou se tratar de 115 relógios de diferentes marcas, brincos, anéis e pulseiras de valor, além de óculos, diversos fones de ouvido e canetas de alto valor.

Em contato com os proprietários do estabelecimento, foi identificado que todo o material encontrado pertence ao estabelecimento. Diante dos fatos, o boletim de ocorrência foi registrado e todos os pertences devolvidos para a loja.

As equipes policiais já identificaram os homens que participaram da ação criminosa e seguem em diligências em busca dos suspeitos que praticaram o furto ao estabelecimento comercial.

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Queremos eleições limpas, é pedir muito?”, diz Bolsonaro para apoiadores
Próximo artigoOportunidade para investir? Bitcoin cai para baixo dos US$ 20 mil