PM recebe denúncia de briga em festa e, quando chega ao local, só encontra sangue pelo chão

Homem ciumento atacou pessoas que tentaram defender a ex-namorada dele

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma festa que acontecia em uma lanchonete no Centro de Castanheira (790 km de Cuiabá) acabou com pelo menos três pessoas feridas. Com ciúmes da ex-namorada, um jovem de 18 anos começou a agredi-la no meio da festa e acabou esfaqueando pessoas que tentaram defendê-la.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 4 horas desse domingo (30) e, ao chegar ao local, não encontrou nem as vítimas e nem o suspeito, apenas rastros de sangue por todo o chão.

Os militares então foram ao Pronto-Atendimento Municipal, onde encontraram as vítimas – uma mulher de 21 anos e dois homens de 23 e 24 ano -, e uma testemunha do caso.

As vítimas contaram que foram esfaqueadas pelo ex-namorado da jovem de 21 anos, que, por ciúmes, começou a agredi-la no meio da festa.

Conforme o boletim de ocorrência, dois rapazes viram a cena e resolveram intervir para salvá-la, porém, o suspeito pegou um canivete e, completamente alterado, começou a esfaquear todos que se aproximavam.

Todos foram para o hospital para fazer curativos, inclusive o suspeito, que tinha ferimentos no rosto. Ele, porém, fugiu do local antes de receber atendimento.

O evento, segundo os policiais que atenderam a ocorrência, tinha alvará municipal, mas deveria terminar às 3 horas, o que não aconteceu, visto que o crime ocorreu uma hora depois desse prazo. O local da festa não tinha alvará do Corpo de Bombeiros, nem equipe de segurança.

O suspeito, de 18 anos, foi procurado, porém, até o registro da ocorrência, não foi encontrado. O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno quer fechar acordo para reduzir níveis de açúcar em alimentos
Próximo artigoEncontro mato-grossense de artes cênicas reúne artistas, coletivos e acadêmicos em outubro na UFMT

O LIVRE ADS