PM encontra ferido em quarto de residência o segundo envolvido em roubo de aviões

Policiais da Força Tática da Policia Militar de Água Boa prenderam no início da noite deste sábado (23), mais um dos envolvidos na tentativa de roubo de aeronaves no aeroporto municipal, crime ocorrido na madrugada do mesmo dia.

Renato Pereira da Fonseca, 27 anos, foi preso no quarto de uma residência do bairro Guarujá Expansão. Ele apresenta ferimento na nádega direita, que seria de tiro sofrido durante o confronto com policiais militares.

Leia também: Ladrões invadem aeroporto para roubar avião, não conseguem ligá-lo e precisam fugir

Além dele, duas pessoas foram detidas, uma adolescente de 16 anos e um homem de 27, que estariam prestando assistência ao suspeito. Renato foi preso na casa onde ele e Márcio Luz Borges, 40, também baleado e preso, estavam morando há menos de um mês.

Além de confessar participação no crime, Renato contou aos policiais da Força Tática que ele e Márcio vieram de Goiânia e se instalaram na cidade mato-grossense especialmente para planejar o roubo dos aviões.

Também disse que após o confronto se alojou na área de uma empresa e esperou o dia clarear para buscar socorro junto de conhecidos. No quarto da casa havia sangue, gazes e medicamentos.

AÇÃO CRIMINOSA
As informações são de que cinco homens fortemente armados, com fuzis, pistolas e revólveres, invadiram o aeroporto por volta das 4hs, renderam e mantiveram amarados e sob ameaças de morte o operador de abastecimento P.C.F., 27, e o vigia J.P., 44. O plano da quadrilha seria roubar duas aeronaves e os ladrões chegaram a obrigar as vítimas a empurrar uma das aeronaves e posicioná-la na pista de decolagem.

Policiais do 16º Batalhão e Força Tática da Polícia Militar de Água Boa(a 746 km de Cuiabá) frustraram o roubo e libertaram dois reféns.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm encontro para união de casais, solteiros ficam em silêncio enquanto robôs conversam
Próximo artigoA intrigante história do homem que pagou pelo próprio assassinato