PM dispersou quase 1,9 mil aglomerações na primeira semana de decreto estadual

Toque de recolher é a regra menos cumprida e quase 10 mil pessoas foram flagradas sem máscara

(Foto: Assessoria)

A Polícia Militar de Mato Grosso fechou a primeira semana de “decreto contra a covid-19” com a dispersão de 1.880 aglomerações e 182 conduções de pessoas para delegacias, por descumprimento de regras previstas no decreto estadual 836/2021.

O maior número de detenções (80) foi por resistir ao cumprimento do toque de recolher.

Promover aglomerações levou 60 pessoas para prestar esclarecimentos e 31 descumpriram o horário de fechamento do comércio. Houve ainda 11 abordagens nas barreiras policiais.

Nesse mesmo balanço estão contabilizas 23,5 mil pessoas orientadas sobre as restrições de circulação nas ruas. E 9.271 alertadas por estarem circulando sem máscara facial, cujo uso é obrigatório em todo o país.

A prioridade da Polícia Militar continua sendo a conscientização da população, destaca o comandante geral, coronel Jonildo José de Assis. Um método que vem sendo aplicado desde março de 2020, início das medidas e enfrentamento à pandemia.

A Operação Dispersão IV levou às ruas cerca de 1 mil policiais e quase 500 viaturas em rondas, barreiras, fiscalizações e outras modalidades de policiamento.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós dois meses, Cuiabá vacinou só 22% do grupo prioritário
Próximo artigoPolícia recupera carro da prefeitura roubado da primeira-dama