Pivetta é o preferido para ser vice na chapa de Mauro Mendes

Pré-candidato destacou coragem de Fávaro de abandonar cargo de vice do governo Taques

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O pré-candidato a governador Mauro Mendes (DEM) declarou, publicamente, em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (24), o que já vinha dizendo nos bastidores: que prefere ter Otaviano Pivetta (PDT) como candidato a vice na sua chapa, repetindo a dobradinha das eleições de 2010. Naquele ano, ambos ficaram em segundo lugar, e perderam a disputa para Silval Barbosa (ex-PMDB).

“Otaviano Pivetta é hoje um dos grandes nomes da política de Mato Grosso. Foi três vezes prefeito de Lucas do Rio Verde, uma das cidades com um dos melhores IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil, o melhor de Mato Grosso. Ele tem a minha preferência para ser o vice-governador. Entretanto, essa decisão não será tomada exclusivamente por mim. Será um diálogo com todos os partidos que estão fechando aliança conosco”, afirmou.

Feliz com a disputa

Mendes disse, no entanto, que ainda não há definição sobre o segundo candidato a senador da chapa, vaga que é disputada entre o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) e o deputado federal Adilton Sachetti (PRB). A outra vaga de Senado já está comprometida com o ex-senador Jayme Campos (DEM). “Temos feito um diálogo franco e verdadeiro com esses atores. Ficamos felizes por ter pessoas disputando para estar ao nosso lado”, declarou Mendes. “Com muito diálogo esperamos construir uma alternativa nos próximos dias”, disse.

Ele elogiou os dois concorrentes, e destacou a coragem de Fávaro em renunciar ao cargo de vice-governador de Pedro Taques (PSDB). Ele assinou, junto com Mendes e outros 29 ex-aliados, o manifesto dos dissidentes do atual governo.

“Temos hoje a disputa entre Adilton Sachetti, que foi prefeito de Rondonópolis e deputado federal, que representa o agronegócio e tem uma história muito importante no Estado. A outra vaga está sendo disputada por Carlos Fávaro, que teve a coragem de abandonar uma posição favorável de vice-governador e vir se colocar à disposição. Representa o PSD, que é um grande partido. Então ambos têm qualidades”, disse.

Nos bastidores, Mendes e Jayme já definiram por ter Fávaro na chapa. No entanto, a decisão ainda não foi oficializada, e Sachetti e Pivetta seguem pressionando para a mudança do segundo candidato a senador. Eles cogitaram lançar uma chapa alternativa, separada de Mendes, mas recuaram da ideia e decidiram continuar na aliança.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGestores Governamentais participam de curso sobre desenvolvimento do estado
Próximo artigoGrupo protesta em frente ao STF e pinta o prédio de vermelho