Pivetta não deve se filiar a nenhum partido e quer derrotar Pedro Taques

Ex-prefeito planeja coordenar eventual campanha de Mauro Mendes a governador

O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (ex-PSB) disse que não pretende se filiar a nenhum partido antes do dia 7 de abril. A intenção é participar da campanha eleitoral deste ano, sem disputar nenhum cargo eletivo – de preferência, como coordenador da campanha de Mauro Mendes (DEM) ao governo estadual, contra a provável candidatura à reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

“Vou ajudar a eleger um bom governador. Achei que tivesse feito isso há quatro anos”, disse Pivetta, demonstrando insatisfação com o ex-aliado Pedro Taques. Em 2010, ele concorreu como candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Mendes, na mesma coligação que elegeu Taques senador.

Em 2014, Pivetta coordenou a campanha de Taques a governador, quando os dois ainda estavam no PDT. “Deixamos de ser aliados porque ele não cumpriu nada do que prometeu na campanha, no programa de governo. Ele traiu nossa confiança e não está mais habilitado a nos representar”, declarou. “Mas pode até ser que venha a ser reeleito, porque é a sociedade que define isso”.

Apoio a Mendes

Pivetta disse que Mauro Mendes já foi testado e aprovado como prefeito de Cuiabá e que tem experiência para ser governador. “Alguém que saiba administrar e economizar, que seja austero, que saiba enxugar a máquina pública, diminuir custos e aumentar o resultado. É isso que vamos buscar elegendo o próximo governador, e acredito que seja o Mauro”, disse.

Ele afirmou que o aliado quer ser candidato a governador, porém, precisa de tempo para resolver algumas situações, entre elas problemas com suas empresas, que estão em recuperação judicial. “É uma questão de tempo. Ele quer ser candidato, tem disposição, tem vontade, porém está dependendo de algumas coisas acontecerem”, disse.

Mendes declarou, no evento em que se filiou ao DEM, na sexta-feira (23), que define somente depois de abril se será candidato nas eleições deste ano. No evento, o presidenciável Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara Federal, disse à imprensa que Mendes é o melhor nome do partido para disputar o Palácio Paiaguás.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS