PF prende cacique que degolou servidor da Funai em MT

Indígena matou servidor público federal em 2001, motivado por disputa de terras no interior de MT

Foto: Polícia Federal

O cacique Marvel Tsôwôon, da etnia Xavante, foi preso na tarde dessa quarta-feira (20) pela Polícia Federal. O mandado de prisão foi autorizado para que seja iniciado o cumprimento da pena de 12 anos, 5 meses e 10 dias de prisão por homicídio qualificado.

Em 2001, o indígena matou degolado, com a utilização de um canivete, o servidor público federal Floriano Márcio Guimarães, da Fundação Nacional do Índio (Funai), por conta de uma disputa de posse de terra no município de Nova Nazaré (795 km de Cuiabá).

A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) narra que Marvel Tsôwôon era cacique da aldeia Tritopa, no município de Água Boa (740 km de Cuiabá). No local, o servidor público federal fazia demarcações de terras indígenas.

Em 2011, Marvel Tsôwôon foi julgado e condenado a 12 anos, 5 meses e 10 dias de prisão em regime fechado pelo crime de homicídio qualificado, mas seguia foragido até essa quarta-feira (20), quando foi detido pela Polícia Federal em Barra do Garças (520 km de Cuiabá).

O cacique deu entrada no sistema prisional de Barra do Garças logo após ser submetido a exame médico.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO STF e o índice de correção monetária de créditos trabalhistas
Próximo artigoMPE denuncia ex-procurador e ex-secretários por corrupção e lavagem de dinheiro