PF nega operação nesta quinta

Em nota de esclarecimento, a superintendência em Cuiabá disse que não abortou ação, porque ela sequer existiu

(Foto: Polícia Federal/Divulgação)

A superintendência da Polícia Federal em Cuiabá negou que tenha desistido, no início da manhã desta quinta-feira (7), de uma operação por conta do vazamento de informações.

Em nota de esclarecimento, a PF afirmou que a notícia veiculada por parte da mídia não procede e que “não realizou qualquer operação policial, não havendo movimentação de viaturas pela cidade”.

A suposta operação policial teria como alvo, pelo menos, três advogados. E a suspensão teria ocorrido após um deles ter conseguido detalhes sobre da ação, antes mesmo da chegada da Polícia Federal em sua casa.

Na nota, a superintendência apontou que a instituição não se manifesta sobre as investigações por ventura em andamento, com divulgação de informações sobre os alvos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOs 300 do raio-que-os-parta
Próximo artigoTCE autoriza o pagamento de 13º salário e férias aos vereadores de Cuiabá