PF deflagra operação contra fraudes em benefícios emergenciais em MT

Mandado de busca e apreensão e de bloqueio de bens foi cumprido em Rondonópolis durante a Operação Animus Fraudandi

(Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (22), a Operação Animus Fraudandi, em continuidade ao combate às fraudes aos benefícios emergenciais, destinados a parte da população com dificuldades financeiras em função da pandemia.

A ação da PF acontece na Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina, com a participação de aproximadamente 120 policiais federais.

Em Rondonópolis (220 m de Cuiabá), os policiais cumpriram mandado de busca e apreenderam celular e notebook. A Justiça Federal chegou decretar bloqueio de valores de R$ 80 mil dos suspeitos, a título de ressarcimento.

Ao todo, devem ser cumpridos 29 mandados de busca e apreensão e quatro e mandados de sequestro de bens. O montante bloqueado soma aproximadamente R$ 140 mil.

A operação foi batizada ‘Animus Fraudandi’, expressão latina significa “intenção de fraudar”, à qual remete ao caráter fraudulento e intencional dos desvios de valores identificados no curso das investigações.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Politicagem contra a Ferrogrão”
Próximo artigoHomem mata ex-namorada a tiros, foge e tira a própria vida