PF cumpre mandados contra supostos fraudadores da Previdência em Cuiabá e VG

Vinte e cinco policiais federais foram às ruas na manhã desta terça-feira

Tânia Rêgo / Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (09), a “Operação Impostore”, que investiga fraudes contra o sistema previdenciário.

A ação conta com a participação de 25 policiais federais que cumprem um mandado de prisão e três de busca e apreensão.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Várzea Grande e Cuiabá/MT, e foram expedidos pela Justiça Federal de Rondonóplis/MT e de Campo Grande/MS.

A investigação conduzida pela Polícia Federal em Rondonópolis/MT e Campo Grande/MS, levou à identificação de um suposto esquema de fraudes, onde os criminosos falsificavam documentos e realizavam perícias em nome de terceiros.

Nas investigações foram apreendidos atestados médicos falsos, radiografias e materiais utilizados para simular engessamento dos braços, além de CNHs falsificadas.

Os envolvidos responderão por diversos crimes, como estelionato previdenciário, uso de documento falso, falsidade ideológica e associação criminosa. (Com informações de assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Quando se faz política barata, o povo sofre”, diz Bolsonaro
Próximo artigoÁrvores e abandono comprometem entorno da Igreja da Boa Morte