Petrobras doa R$ 150 mil a projeto que socorre animais no Pantanal

Além da estatal, mais de 130 voluntários já colaboraram com o projeto. A meta agora é arrecadar R$ 300 mil. Saiba como ajudar

(Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

Patrocinadora do Projeto Bichos do Pantanal, a Petrobras doou R$ 150 mil à Ação Bicho Vivo, que tem como objetivo levantar fundos para resgatar, tratar e salvar a vida dos animais atingidos pelos incêndios no Pantanal.

O valor corresponde ao total que o grupo esperava arrecadar, então, agora a meta dobrou.

Além da estatal, mais de 130 voluntários já colaboraram com o projeto, doando pouco mais de R$ 11,5 mil.

Parte do dinheiro já viabilizou a compra de 300 quilos de frutas, 400 quilos de quirela (milho moído) e permitiu abastecer carros de apoio e barcos dos voluntários que estão à frente das operações.

Os alimentos estão sendo disponibilizados aos animais na Reserva Ecológica do Jaguar,  localizada em Poconé (100 km de Cuiabá). O local é parceiro do Projeto Bichos do Pantanal e uma das primeiras reservas dedicadas à observação da natureza na região.

A equipe também se uniu a outros parceiros que montaram uma força-tarefa para distribuir os alimentos aos bichos encontrados na rodovia Transpantaneira e para mapear outros locais onde animais ameaçados pelo fogo possam estar abrigados, procurando refúgio.

LEIA TAMBÉM

Ainda não é possível estimar a quantidade de animais mortos, mas ela aumenta a cada dia, devido a queimaduras, inalação da fumaça, infecções, desidratação e inanição.

O avanço do fogo ameaça os locais com as maiores populações de araras-azuis e de onças pintadas do Brasil.

Para participar da Ação Bicho Vivo e ajudar o Pantanal a se recuperar, você pode fazer doações por meio do site do Instituto Sustentar.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTrabalhador surta por não gostar de comida, sobe em pá carregadeira e destrói tudo em fazenda
Próximo artigoParlamentares visitam áreas queimadas no Pantanal