Pestana: Aécio comunicou ao senador Tasso; não é verdade que foi unilateral

Flickr/Assessoria

deputado Marcus Pestana PSDB MG

O deputado federal Marcus Pestana (PSDB-MG) usou a tribuna da Câmara nesta quinta-feira, 9, para defender a destituição do senador Tasso Jereissati (CE) da presidência interina do PSDB nacional. O ato foi realizado pelo senador Aécio Neves (MG), de quem Pestana é aliado. Ele afirmou que o partido vive uma “autofagia” em público e que Tasso foi presidente apenas de uma facção na legenda.

“O senador Aécio comunicou ao senador Tasso, não é verdade que foi unilateral. É totalmente legítima a decisão de Aécio. Goldman tem capacidade de coordenar a disputa”, afirmou o deputado mineiro. “Aprendi com a minha mãe que roupa suja a gente lava em casa, essa autofagia pública em foro inadequado.”

Em carta, Aécio afirmou que conversou com Tasso e comunicou que ele seria afastado por causa do lançamento de sua candidatura à presidência do partido na convenção marcada para dezembro. Ele deve disputar com o governador de Goiás, Marconi Perillo. Aécio, que estava afastado desde a eclosão do escândalo da JBS, reassumiu o cargo e na sequência se licenciou de novo, indicando para ficar na presidência o ex-governador paulista Alberto Goldman.

(Com Agência Estado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSafra de grãos deve atingir 227 milhões de toneladas
Próximo artigoExportações do agronegócio cresceram 40% em outubro