Perseguida por stalker, adolescente consegue fugir e ele acaba identificado

Estudante foi perseguida e assediada por motorista de Duster em bairro de Cuiabá

(Foto: Reprodução)

Uma adolescente de 15 anos passou por um susto nessa terça-feira (8), quando foi perseguida por um homem em uma Renault Duster de cor verde próximo à escola dela, no Bairro Dom Aquino, em Cuiabá.

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela mãe da adolescente, há algum tempo o motorista da Duster tem rondado a casa da família e ela percebia ele passava pela porta bem devagar e olhando para a menina.

Nessa terça-feira (8), quando a adolescente ia para a escola, o suspeito encostou o carro próximo dela e a chamou para entrar no veículo. A menina ignorou o chamado e começou a andar mais rápido, mas ele repetiu o convite dizendo que a levaria.

Na terceira tentativa, o homem avançou o carro na frente da menina, disse para ela entrar no veículo e afirmou que “seria bem rápido o que ele iria fazer com ela”, consta no boletim de ocorrência.

A menina ignorou o homem mais uma vez e, na quarta tentativa, ele jogou o carro contra ela, abriu a porta e sinalizou que iria descer do veículo.

Em desespero, a adolescente saiu correndo até o ponto de ônibus, onde pediu socorro e esperou a chegada de mais colegas para seguir para a escola.

Mesmo quando ela já estava na instituição de ensino, o homem ainda ficou próximo ao local, dentro do carro, com os vidros abaixados e a observando.

Ela, então, contou o ocorrido à diretora da escola, que acionou a polícia. Uma equipe fez rondas na região e não encontrou o suspeito, mas a adolescente conseguiu anotar a placa do carro dele.

Já na delegacia, durante o registro da ocorrência, os policiais checaram a placa do carro e encontraram o nome que consta como do proprietário. Ao procurar o nome no Facebook, mostraram a foto de perfil da pessoa que apareceu e a menina reconheceu imediatamente como o assediador.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) e o suspeito está foragido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArgentino usa ralador de queijo para remover tatuagem uma semana depois de fazê-la
Próximo artigoEtapa Cuiabá do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra terá briga acirrada pelo título nacional