Perda de R$ 81 milhões

Crise da pandemia fez cair a arrecadação de Cuiabá e prefeitura recorreu à suspensão da contribuição previdenciária

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A arrecadação de Cuiabá ficou R$ 81 milhões menor que o previsto no orçamento anual. Conforme o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), os meses de paralisação da economia por causa da pandemia são a causa da queda. 

Se distribuídos pelos quatro meses de medidas restritivas, Cuiabá deixou de recolher cerca de R$ 20 milhões desde o fim de março.

Nesse intervalo, além da queda da movimentação na receita, a Prefeitura prorrogou prazos para pagamento de impostos. 

A suspensão de repasse da alíquota patronal da Previdência para os servidores públicos seria uma busca de correção para mitigar a perda dos R$ 81 milhões. 

A Prefeitura poderá deixar de pagar os recolhimentos de fevereiro a novembro deste ano, mas deverá devolvê-los ao longo de 60 parcelas com juros e correção inflacionária.  

A Câmara dos Vereadores aprovou nessa terça-feira (28) essa suspensão. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorReceita Talharim com Molho de Nata, Gorgonzola, Parmesão e Cubos de Filé por Chef Carlos de Melo
Próximo artigoDesembargadora suspende definitivamente CPI da Semob em Cuiabá

O LIVRE ADS