Pena em segredo

Justiça de MT bloqueia informações sobre cumprimento da sentença de Silval Barbosa

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, decretou segredo de Justiça sobre o cumprimento da pena do ex-governador Silval Barbosa.

Com isso, não é mais possível acompanhar o cumprimento de pena do ex-governador.

A medida foi tomada no dia 12 de novembro, por razões que, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, não podem ser divulgadas.

Silval foi condenado a mais de 25 anos de prisão por duas ações da Operação Sodoma, que tinha como alvo uma organização criminosa que praticava corrupção no governo do Estado.

Contudo, ao firmar acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, o ex-governador conseguiu reduzir a pena para 20 anos.

Ele já cumpriu quatro anos e dois meses de prisão, sendo 21 meses em regime fechado, 23 meses no domiciliar, e seis de semiaberto – regime em que está submetido atualmente.

Recentemente, também como parte do acordo de delação, Silval viu sete de seus bens serem leiloados pela Justiça.

Eles foram entregues como reparação pelo dano causado aos cofres públicos e, juntos, renderam pouco mais de R$ 39 milhões. O dinheiro será usado para reforma na Penitenciária Central do Estado (PCE).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRetorno de Palpatine em Star Wars estava planejado desde O Despertar da Força
Próximo artigoEscola descobre que aluna de 10 anos é estuprada pelo próprio pai