Pelo Twitter, Dilma acusa Bolsonaro de “destruir” o SUS

Reclusa desde o fim do processo do impeachment, Dilma usou o Twitter para atacar o presidente por supostamente desmontar o SUS

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) usou das redes sociais para criticar o presidente Jair Bolsonaro sobre a suposta “privatização” do Sistema Brasileiro de saúde (SUS). Na publicação, Dilma acusa Bolsonaro de “destruir” a saúde brasileira.

A petista alega que o decreto de Bolsonaro que abre espaço para que iniciativa privada trabalhe junto ao SUS é uma forma de desmonte e destruição do Sistema de Saúde Brasileiro.

“O decreto de Bolsonaro e Guedes que autoriza a privatização das Unidades Básicas de Saúde é um passo decisivo para a destruição do SUS. Mais de 150 milhões de brasileiros têm apenas o SUS como forma de acesso a atendimento médico”, disse a petista.

Esta não é a primeira vez que um ex-presidente do Partido dos Trabalhadores usa das redes sociais para questionar o trabalho de Bolsonaro. Na semana passado, Lula usou o Twitter para pedir o impeachment do presidente.

A publicação é uma das rara manifestações públicas de Dilma Rousseff, que vem adotando um estilo de vida mais recluso por pressão do PT. desde o fim do processo de impeachment em 2016.

Veja a publicação

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Esse povo não sabe ler. O decreto não fala em privatizar mas modernizar UBS inoperantes. Esperar o dessa mulher ignorante e dessa esquerda que destruiu o país? Qualquer postagem é motivo para esses esquerdistas invejosos tentar destruir o presidente. NÃO VÃO CONSEGUIR!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem homologação, MP que alterou regras de férias gera conflitos trabalhistas
Próximo artigoVício em rede social? Pesquisa alerta sobre prejuízos para saúde mental