Pele do rosto de médicos escurece durante tratamento contra o coronavírus

Há dúvidas se a mudança foi causada pelo vírus ou pelo próprio tratamento

Reprodução

Um caso curioso aconteceu em Wuhan com dois médicos que contraíram o novo coronavírus. Durante o tratamento para amenizar os efeitos da doença, Yi Fan e Hu Weifeng, ambos de 42 anos, apresentaram mudança significativa na pigmentação da pele, a tornando mais escura.

Não se sabe ao certo o que de fato ocorreu, se foi efeito provocado pelo vírus ou pelos medicamentos usados no tratamento. Provavelmente, houve um mal funcionamento no fígado no momento de processar os medicamentos para levá-los até a corrente sanguínea.

De acordo com a emissora estatal CCTV, Li Shusheng, o médico responsável pelo tratamento dos pacientes, disse que é provável que a pele retorne à pigmentação original depois que o tratamento for concluído depois de algum tempo. Mais relatos de sintomas como esse ainda não foram notificados ao redor do mundo.

O coronavírus já infectou mais de 2 milhões de pessoas e matou quase 192 mil pessoas no mundo inteiro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMãos limpas: projeto do IFMT distribui lavatórios portáteis em diversos pontos de Cuiabá   
Próximo artigoDias estressantes? Confira seis plantas que têm o poder de acalmar

O LIVRE ADS