Pazuello diz que deixará o cargo e que Brasil terá 562 milhões de doses de vacina anti-covid

Ministro fez um balanço de sua gestão até aqui e voltou a citar as premissas e estratégias que nortearam suas ações

(Foto: Agência Brasil)

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, acaba de anunciar, em entrevista coletiva em Brasília, que o presidente Jair Bolsonaro está escolhendo o nome de quem irá sucedê-lo no ministério – e que fica no cargo até que a escolha seja feita. “Sim, o presidente está pensando em nomes”, afirmou. “Mas eu não vou pedir para ir embora”.

Durante a coletiva o ministro fez um balanço de sua gestão até aqui e voltou a citar as premissas e estratégias que nortearam suas ações: como distribuir recursos a Estados e Municípios, disponibilização de leitos de UTI para pacientes com covid-19, dar autonomia a médicos para ministrar tratamentos preventivos e precoces e colocar em funcionamento o programa nacional de vacinação em massa.

“Somos o quinto país do mundo em aplicação de vacinas”, afirmou. “Nossa estratégia de vacinação foi nossa maior vitória até aqui”.

Segundo Pazuello, o governo federal tem 38 milhões de doses das mais diversas vacinas anti-covid previstas para disponibilizar para a população ainda neste mês de março e, no total, mais de 562 milhões de doses contratadas para até o final deste ano.

Fica no cargo até a escolha

Segundo Pazuello, o presidente Jair Bolsonaro está em tratativas para encontrar um nome para substituí-lo no cargo. Um deles seria do médico Marcelo Queiroga.

“Enquanto isso, é vida que segue. Não estou doente e estou cumprindo uma missão. E faremos a transição com tranquilidade, quando for determinado”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça mantém bloqueio de R$ 37 milhões em contas de empresas
Próximo artigoSTF nega pedido do prefeito de Cuiabá e mantém toque de recolher às 21h