Paulo Aguiar assume a Ampa com a missão de ampliar o mercado e a produção

Produtor substitui Alexandre Schenkel no comando da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

O novo líder da cotonicultura mato-grossense, Paulo Sérgio Aguiar, tomou posse na noite dessa quarta-feira (27), em Cuiabá (MT). Ele comandará a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) pelos próximos três anos, em substituição ao ex-presidente Alexandre Pedro Schenkel.

A Associação, que está completando 20 anos, é uma das mais representativas do setor do agronegócio e nasceu das necessidades dos pioneiros na atividade. Em duas décadas, a produção de Mato Grosso saltou de 35 mil toneladas para 1,9 milhão de toneladas (safra 2018/19), sendo o estado responsável por mais de 60% dos envios de algodão brasileiro para o exterior em 2019.

Tamanho avanço traz também novos desafios para o eleito e esse foi o cerne dos discursos na noite de ontem. “Temos que comemorar o sucesso da entidade, mas também tratar dos desafios. Viemos em uma escalada de aumento de produção, de área e a minha missão é tentar manter esses números e, se possível, ampliá-los”, disse Aguiar.

Cerimônia foi realizada na noite de ontem, em Cuiabá, MT (Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

“Crescemos, desenvolvemos, mas agora os problemas são outros. Logística, mercados, temos que promover o mercado consumidor asiático, manter a qualidade da pluma, que faz do Brasil hoje uma referência, honrar nossos contratos, entregar qualidade e dar garantia de produção por um bom tempo”, pontuou Schenkel em sua despedida.

Vice-presidente na gestão 2017-2019, o produtor Eraí Maggi também compareceu à cerimônia, e destacou a importância do trabalho desenvolvido pela Ampa que, segundo ele, ajuda a desenvolver Mato Grosso como um todo.

“É uma entidade que se preocupa com a infraestrutura, logística, com o menor aprendiz, com toda a cadeia. O algodão é uma cultura que integra o mundo, traz investidores e dinheiro do mundo inteiro. Isso vai fazer a diferença em um futuro próximo para todas as pessoas que aqui vivem”, disse.

O produtor Paulo Sérgio Aguiar terá como vice Sérgio Azevedo Introvini. Outros dez produtores também tomaram posse ocupando as demais funções da diretoria da Ampa, além de seis conselheiros fiscais – titulares e suplentes.

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

Veja também:
Confira quem passou pela posse da nova diretoria da Ampa 2020-2022
Paulo Sérgio Aguiar é eleito novo presidente da Ampa
Ampa prevê manutenção na área de algodão em MT na safra 2019/20

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVeja quem passou pela posse da nova diretoria da Ampa 2020-2022
Próximo artigoPerda auditiva pode provocar ansiedade, estresse e até depressão, alerta fonoaudióloga