Passagem de ônibus em Cuiabá pode subir para R$ 4,10 em 2019

Cálculo tarifário levou em conta despesas como valor do combustível, número de carros e mão de obra

Foto:(Ednilson Aguiar/ O Livre)

O valor da tarifa do transporte coletivo em Cuiabá poderá subir para R$ 4,10 no próximo ano. Ao menos é o que aponta estudo realizado pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados de Cuiabá (Arsec), com base na solicitação das empresas. A nova tarifa, porém, ainda precisa ser aprovada, ou não, pelo Conselho Participativo da agência.

De acordo com o estudo elaborado no último mês de novembro, o reajuste pode ser de 6,7% em relação à tarifa atual, de R$ 3,85, estabelecida em janeiro deste ano. No ano passado, o valor da passagem de ônibus era de R$ 3,60.

Conforme a Arsec, o reajuste anual é uma cláusula prevista no contrato de concessão das empresas de transporte. O novo valor é obtido através de cálculos dos custos do sistema de transporte de Cuiabá, “que foram somados em grupos dos principais insumos, denominados: combustível, veículos, mão de obra e outras despesas”, explicou.

Aproximadamente 250 mil pessoas utilizam o transporte público diariamente. A frota que circula em toda a Capital é de 350 veículos.

Apesar do estudo, para que o valor seja aplicado no próximo ano ainda é necessário que a tarifa seja aprovada pelo Conselho Participativo da Arsec, composto por representantes das empresas, Prefeitura de Cuiabá, Câmara dos Vereadores e Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos (MTU). Ainda não há data para a reunião do conselho.

Pesquisa de satisfação

Conforme o LIVRE noticiou sem setembro, com base nas pesquisas de satisfação divulgadas pela Arsec, a população não concorda que o valor cobrado pela tarifa de ônibus seja “justo”, considerando o serviço prestado. A época, quase 63% dos usuários afirmaram que o serviço do transporte público em Cuiabá seria regular, ruim ou péssimo.

A pesquisa foi realizada em Cuiabá entre os dias 9 e 19 de julho deste ano, com 1.509 usuários do transporte coletivo, que foram ouvidos aleatoriamente, dentro do ônibus ou nos pontos de parada, para avaliar o sistema.

Audiência Pública

Em Cuiabá, atualmente, três empresas detém o contrato de concessão para o transporte, sendo elas a Integração Transporte, a Expresso Norte Sul e a Pantanal Transporte. Todas venceram concorrência pública aberta em 2012 e firmaram o contrato de concessão.

Neste ano, a Prefeitura de Cuiabá já anunciou audiência pública para o lançamento de uma nova licitação para o transporte coletivo, que será realizada na próxima quarta-feira (19). Na ocasião, os responsáveis também devem apresentar um estudo sobre a implantação de ônibus elétricos ou híbridos, os custos da mudança e novos modais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Essas empresas, para quererem cobrar mais da gente, deveriam extinguir esses 33 ônibus com janelas gaúchas, que são aquelas fechadas na parte debaixo, daqui da cidade e que fazem sofrer muito o pessoal das linhas 103, 319 e 615, pois são completamente inviáveis numa cidade tão quente como Cuiabá.

    Têm que diminuir o tempo de espera nos pontos de ônibus dos passageiros de linhas como 404, 530, 540, 706, 720, 730, pois é desumano você ter que esperar horas e horas o ônibus passar, e tem vez que nem passam ou passam atrasado.

    Deveriam também mandar embora esses microônibus daqui que parecem verdadeiras latas de sardinha que parece impossível você que tá na frente do ônibus conseguir ir para os fundos de tão apertado que é o corredor.

    Sem contar aquele pessoal que espera o ônibus nos últimos pontos do bairro, em horário de pico, e é obrigado a aguentar o vácuo dos motoristas que passam e os ignoram, mesmo que ainda haja espaço para entrar no ônibus.

    Além disso, essas empresas deveriam desconcentrar os ônibus com ar condicionado de determinadas linhas de ônibus, como 313, 410, 800 e dentre algumas outras e dividir com mais linhas, pois não existem só essas nessa cidade e não são só os passageiros delas que merecem ter esse mínimo de conforto.

    Bem, eu poderia fazer uma lista sobre o que essas empresas poderiam melhorar, antes de quererem cobrar da gente, mas aí eu passaria a noite inteira digitando sobre.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRapaz é assassinado a tiros enquanto dormia e enteados são principais suspeitos
Próximo artigoEnem será reaplicado hoje e amanhã para 2,7 mil estudantes

O LIVRE ADS