Passados 40 dias, suspeito de matar esposa que o denunciava é preso

A mulher foi encontrada morta com diversos sinais de facada no peito e abdome; ela já tinha denunciado o marido três vezes

Foto: Assessoria Polícia Civil

Mais de 40 dias depois do assassinato de Maria Domingas Elias de Anunciação, 35 anos, a Polícia Civil conseguiu localizar e prender o companheiro da vítima, Uelton Rodrigues de Jesus, de 42 anos, suspeito do crime. Ele foi encontrado na zona rural de Primavera do Leste (320 km de Cuiabá), nesta quinta-feira (11).

De acordo com o boletim de ocorrência, na época do crime, Maria foi encontrada morta em sua casa, no bairro São Simão, em Várzea Grande, com sinais de facadas no peito e no abdômen, além de ferimentos no braço e nas mãos. A polícia acredita que os hematomas teriam acontecido em uma tentativa de defesa da mulher contra seu agressor.

Na casa também estava seu filho, de 15 anos, que também foi esfaqueado. Contudo, ele foi socorrido por testemunhas e levado ao Pronto-Socorro Municipal.

Na data do crime, testemunhas contaram à polícia que ouviram o casal discutindo dentro da casa. Depois, o homem saiu e não foi mais visto. Quando militares entraram no local, encontraram a residência revirada.

Outras agressões

Segundo a Polícia Civil, o homem deverá ser indiciado por feminicídio e tentativa de homicídio contra a família. Ele passou por audiência de custódia ainda em Primavera do Leste, mas será transferido para Cuiabá.

Investigações da Polícia Civil apontaram que Maria já tinha registrado diversos boletins de ocorrência por violência doméstica contra o acusado, sendo que, em uma ocasião, conseguiu medidas protetivas que determinavam o afastamento do suspeito. No entanto, o documento não tinha mais validade.

Familiares informaram que o suspeito não se afastava do lar, mantendo a vítima sobre constantes ameaças.

O último boletim registrado foi em janeiro deste ano, quando a mulher disse ter sido ameaçada com uma faca. Ela chamou a Polícia Militar, mas o suspeito fugiu. Depois, quando voltou, ateou fogo em parte da residência.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPF desarticula esquema de exploração ilegal de madeira em MT
Próximo artigoRemake de O Rei Leão é aclamado pela crítica