Páscoa: micro e pequenos empreendedores investem no sabor e no bom preço

Opções caseiras contribuem para o comércio local em meio à pandemia de covid-19

(Foto: Sebrae)

A Páscoa se aproxima e ovos de chocolate fazem parte do desejo das pessoas. A pandemia, porém, mudou o hábito de comprar desses consumidores, que têm optado pelos microempreendedores, estimulando a economia local.

A chef de cozinha Pricila Manzano é uma desses microempreendedores. Ela trocou a carreira de gerente de gráfica para se dedicar a gastronomia. Em 2020, se preparava para a primeira Páscoa, mas a incerteza da pandemia acabou atrasando os planos.

Para a Páscoa de 2021, Priscila pensou em soluções mais econômicas e não menos criativas. Ela conta que não produzirá os tradicionais ovos de chocolate e lançou caixinhas para presentear com o brigadeiro americano. Cada caixa tem seis unidades nos sabores: caramelo salgado, limão siciliano, laranja com castanhas, frutas vermelhas, menta com chocolate, nozes com damasco, confetti e biscoito oreo.

“É uma opção ótima para presentear, principalmente com todo o cuidado com a embalagem, decoração e apresentação. A ideia é ser um presente criativo e saboroso. Além de ser uma opção mais em conta para quem não quer gastar tanto”, afirma.

Expectativa positiva

Apesar do momento de crise, Pricila está com uma expectativa positiva para Páscoa. “Sempre tive essa vontade de empreender. Com a pandemia, foi preciso me adaptar, trabalhar de casa, dar destaque para as mídias sociais. algo que tenho sentido dos meus clientes é essa vontade de comprar do pequeno para ajudar a economia local”, conta.

Mesmo pensamento da confeiteira, Leide Evangelista Bruschi. Ela, que trabalha há 10 anos na área, diz que também tem sentido esse apoio da população ao comprar do pequeno negócio.

“Na verdade, sempre sinto isso, principalmente nas datas mais importantes. Graças a Deus já tenho uma clientela fiel e eles sabem do sabor e da qualidade dos nossos produtos”, afirma.

Para a Páscoa de 2021, a confeiteira preparou opções de ovos de colher nos sabores: bomb brownie, choconinho, cookão, brigacake, hope egg, red velvet, perdição e limão siciliano. Cada um tem 750g cada. E de 1,5kg ovos trufados nos sabores: cookies com Nutella, doce de leite com flor de sal, bomb brownie, brigadeiro.

Estratégias de vendas

Segundo Inajara Marques Amorim, do Sebrae/MT, o mercado de ovos artesanais é atraente para pequenos empresários. “É sensacional porque as pessoas não buscam mais a mesmice que a indústria tem. Elas querem um ovo cheio de surpresas”, destaca.

A profissional dá uma dica para quem for produzir: oferecer opções mais baratas para o consumidor fragilizado pela crise. A venda antecipada é outra estratégia que pode ajudar o pequeno empresário a captar demanda antes dos concorrentes. E, acima de tudo, é preciso inovar sempre para conseguir se destacar da concorrência.

“Outras opções para impulsionar as vendas são: irá produzir para algum nicho específico? Exemplo, zero lactose, zero açúcar. É importante avaliar esse público e a demanda dessa especificidade. Ovos gourmet enchem os olhos, mas é preciso ter bastante cuidado com as embalagens. Ofereça combos ou kits de ovos menores. Fotos vendem muito, então invista em fotos legais, cuide da iluminação, itens de decoração”, conta.

(Com Agência Sebrae)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso após agredir namorada garota de programa por ciúmes
Próximo artigoCom pandemia, celebrações da Páscoa têm adaptações ou restrições