Partos agendados: médicos alertam sobre riscos para crianças e mães

(Foto: Prefeitura de São Paulo/Divulgação)

O período de dezembro a fevereiro não é uma boa época para dar à luz. Pelo menos assim é como pensa uma parcela de gestantes que agenda cesarianas para evitar o parto entre esses meses.

Os profissionais médicos, porém, alertam para os riscos que envolvem esses procedimentos, considerados desnecessários.

LEIA TAMBÉM

Segundo os médicos Quando não há indicação clínica, a intervenção cirúrgica aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido.

Para a mãe, o caso é ainda mais grave: o risco de morte triplica.

Por esses motivos, a indicação médica é de que o parto seja normal, salvo as exceções.

Para evitar as cesarianas desnecessárias, a Unimed Cuiabá criou o Programa Parto Adequado (PPA), que orienta sobre os riscos.

“O programa busca o acolhimento, diálogo e proteção à mãe e ao bebê e, com isso, a redução de partos cesáreos desnecessários e fora do ciclo do bebê”, explicou Fernanda Monteiro de Paula Siqueira, que coordena o PPA.

As preocupações das gestantes variam entre a disponibilidade de médicos, fluxo do trânsito e ajuda de parentes no período de festas e feriados prolongados.

Parto normal: melhor opção

Segundo os médicos, a passagem pelo canal vaginal na hora do nascimento, coloca o bebê em contato com bactérias naturalmente presente na mulher.

A relação fortalece o sistema imunológico da criança e previne o surgimento de alergias no futuro.

O parto normal também é indicado por doulas – uma assistente de parto que acompanha a gestante durante o período da gravidez até os primeiros meses após o parto, com foco no bem-estar da mulher.

Em Cuiabá, uma rede de apoio ao parto normal também alerta as gestantes.

“Lutamos para que mulheres tenham acesso à informação e não tenham medo de passar por essa experiência que, quando bem acompanhada e apoiada, proporciona lindas recordações”, afirmou a enfermeira obstetra e doula, Joziane Seidel.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMorre José Mojica Marins, o Zé do Caixão, aos 83 anos
Próximo artigoConfira quais séries originais da Netflix serão encerradas em 2020

O LIVRE ADS